quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Durante o dia de ontem (29), foi divulgado na página do Facebook Garanhuns Minha Cidade um vídeo do vereador Gil PM na Academia das Cidades, na Cohab 3, em Garanhuns. No vídeo, o vereador não mede as palavras e disparas várias críticas contra a gestão do prefeito Izaías Régis (PTB). O parlamentar bastante indignado cobra do Legislativo uma solução urgente para a Academia das Cidades que está abandonada.O vídeo logo repercutiu nas redes sociais e chamou a atenção de muitos, uma vez em que o parlamentar nunca foi visto fazendo fortes críticas ao gestor municipal. “Estou aqui reivindicando o que é de direito, e aproveito pra dizer que a Academia das Cidades está abandonada. Eu sou um simples vereador, eu não sou prefeito, Garanhuns têm prefeito e aí se ele quiser fazer alguma coisa faça, se não quiser o problema é dele!“, disse o vereador indignado com a situação de abandono do espaço público durante a gravação do vídeo.O abandono na academia das cidades já foi alvo da TV COMBATE, na matéria feita no local, o apresentador Pereira Filho mostrou detalhes de um loccal totalmente esquecido pelo poder público.

A equipe da TV COMBATE esteve também, na antes “Academia das Cidades” ( foto abaixo ), que hoje, não passa de um terreno abandonado pelo poder público. Foi possível ver o total abandono de uma praça que antes era usada pelas famílias para fazer atividades físicas mas, devido a falta de segurança, vândalos destruíram o patrimônio do povo. De acordo com informações da TV COMBATE, uma moradora relatou, que quando no local  havia guardas municipais, era possível ver pessoas fazendo atividades físicas o que hoje é impossível de se ver.A Matéria da TV COMBATE você acompanha através através do canal do You Tube TV COMBATE, ou (clicando aqui).

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Os moradores da Rua Luiz Burgos, na Boa Vista, em Garanhuns têm sofrido bastante com os degetos e fezes que retornam pelos ralos através das encanações entupidas.

De acordo com uma moradora, pela segunda vez ela teve sua casa inundada por fezes e degetos que retornaram.

Pela segunda vez saio para trabalhar e quando chego em casa encontro a casa cheia de fezes!! A galeria da rua está estourada, e entra tudo para minha casa que é uma das casas baixas após a galeria”, disse a moradora em mensagem enviada a nossa redação.

De acordo com a moradora, a Prefeitura Municipal de Garanhuns, já tem conhecimento do problema existente na rua Luiz Burgos, porém, nenhuma providência foi tomada.A Prefeitura Municipal de Garanhuns, já tem conhecimento do problema existente na rua, porém, algum trabalho só é feito na galeria depois que ela entope acontecendo o pior, que é quando todo o degetos retorna e o morador tem sua residência inundada por fezes”_ Disse a moradora indignada.

A internauta indignada na mensagem fez um apelo e pediu que alguma providência seja tomada o mais rápido possível.

“Peço ajuda d vocês da imprensa, que façam apelos para que as providências sejam tomadas. Se não é possível consertar agora a galeria, acredito que um trabalho de prevenção pode ser feito, passando canos nas galerias a cada 15 dias ou um mês para evitar que isso aconteça.“_ Finalizou a moradora.

O JI está à disposição da Prefeitura Municipal de Garanhuns, caso deseje prestar os devidos esclarecimentos.

sábado, 05 de agosto de 2017

Atendendo a pedidos da população local, a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transportes (AMSTT) realizou a instalação de semáforos nas ruas Deputado Ulisses Guimarães e Cassiano Gabus Mendes, localizadas no bairro Francisco Figueira (Cohab II). A AMSTT ressalta que até o dia 15 de agosto, mais três semáforos serão instalados em Garanhuns, totalizando 41 semáforos em toda a cidade.
O estudante William Richad, 20 anos de idade, comenta que o número de acidentes automobilísticos era recorrente e agora, com a nova sinalização, a quantidade deve diminuir. “Esse foi um pedido de todos os moradores das ruas. Aconteciam muitos acidentes, mesmo com placas de sinalização, mas agora eu acho que vai melhorar muito”, explicou.
(Com informações V&C)
sexta-feira, 04 de agosto de 2017

O engenheiro Alexandre Gusmão, negou que seja o responsável pela construção do prédio residencial que desabou em Garanhuns, no Agreste de Pernambuco. Ele se apresentou na manhã desta sexta-feira, dia 4, na Delegacia da Cidade e foi ouvido pelo delegado Patrick Dias. O acidente aconteceu em julho deixando duas pessoas mortas.Alexandre não quis conversar com a Imprensa. Segundo o advogado dele, Ernesto Cavalcanti, o engenheiro estava em Recife quando ficou sabendo do acidente e pediu para se apresentar a Polícia. “Ele não estava acompanhando a obra e apenas acompanhou o desmoronamento do muro de proteção em 2008. Logo depois deixou o Brasil e foi trabalhar em uma obra em Angola. Ele não tem conhecimento do avanço dessa obra”, disse o Advogado.Sobre o fato da base do prédio ter sido reaproveitada, o advogado Ernesto Cavalcanti afirma que o cliente não sabia da situação. “Ele desconhece totalmente. Inclusive ele sugeriu que a base fosse demolida antes de deixar o Brasil. Ele deu suporte a essa obra durante dois meses em 2008”, complementou. Ainda de acordo com a defesa, Alexandre Gusmão apresentou a Polícia uma documento de 2010, quando o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea), notifica a obra alegando que a construção não tem um engenheiro. Sobre a Prefeitura de Garanhuns afirmar que a obra é irregular, Alexandre disse que desconhece a situação.Segundo o Advogado, os moradores do prédio procuraram a Prefeitura um mês antes do desabamento e pediram a fiscalização de um Engenheiro, que confirmou o bom estado do residencial. Ele ainda informou que Alexandre Gusmão assinou apenas uma Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), em junho de 2009, para reparos no muro. O Advogado afirma que uma ART foi assinada em nome de Alexandre Gusmão em 2008, que contratava ele para a realização de todos os serviços. Segundo ele, o engenheiro desconhece o serviço e também a assinatura em nome dele no documento.PERÍCIA – A perícia do Instituto de Criminalística realizada na semana passada, apontou falha na estrutura, e no material utilizado. A respeito das declarações sobre vistorias realizadas pela Defesa Civil de Garanhuns no prédio, o coordenador do Órgão, Thiago Amorim, esclarece que foi realizada uma inspeção predial há cerca de seis anos.

Na ocasião, foi solicitado ao responsável pelo imóvel que procedesse alguns itens de manutenção da edificação com o objetivo de conservar e recuperar a capacidade funcional. o procedimento é o cumprimento de uma norma técnica brasileira nº 5674/1999, que informa, sugere e obriga a todo e qualquer proprietário de edificação a proceder com a referida manutenção da edificação.

O Governo Municipal está com um processo administrativo instaurado, que por meio de uma comissão, vai realizar o levantamento da documentação sobre o prédio em questão, para ajudar a apurar as responsabilidades. “Todos os setores da Prefeitura estão à disposição para colaborar com as investigações”, diz nota enviada pela Gestão. (Com informações do G1/Caruaru)

quinta-feira, 03 de agosto de 2017

Durante a tarde de hoje (03), a equipe da TV Combate gravou uma matéria jornalística mostrando alguns pontos negativos na cidade de Garanhuns.

De início, a equipe da TV Combate esteve na Rua Pacoal Lopes, em frente a 18°DESEC, onde mostrou o cemitério de carros abandonados que foram apreendidos porém nunca foram retirados do pátio pelos donos.De lá a equipe seguiu para o  Binário da Boa Vista, mais precisamente na Avenida Sul, onde mostrou a qualidade do asfalto aplicado na localidade. Muitos buracos e lama prejudica os moradores e condutores que precisam trafegar na via diariamente. Finalizando a matéria o repórter Alysson Novato mostrou a situação do asfalto na Rua dos Farrapos, na Boa Vista, próximo à UFRPE. A situação na via não é nada fácil, difícil mesmo é acreditar que a Rua é asfaltada. A matéria irá ao ar na próxima semana, e você poderá acompanhar através do canal da TV COMBATE no You Tube.

terça-feira, 01 de agosto de 2017

Na tarde de hoje (01), a equipe da TV Combate esteve na Creche Municipal que está em construção entre a Várzea e Manoel Chéu, em Garanhuns. A situação da obra abandonada continua a mesma. Aliás, apenas foi iniciado um muro, que não foi finalizado.Depois de oito meses a equipe esteve de volta e fez uma nova matéria que irá ao ar nos próximos dias através do canal no You Tube. A equipe mostrou toda a falta de compromisso do governo com a população. Salas inacabadas fazem parte de um cenário que envergonha a Educação pública na cidade de Garanhuns.A obra se arrasta desde o governo Luiz Carlos de Oliveira, no ano de 2012. De lá pra cá pouca coisa foi feita, depois de mais de 5 anos a vergonha é a mesma. Muitas infiltrações inundam as salas de aula que deveriam está sendo ocupadas por alunos.De acordo com informações, cerca de vinte homens que estavam trabalhando na obra foram retirados para tentar finalizar uma outra obra, que está na mesma situação, a creche da Cohab 3.No lugar abandonado apenas um segurança, que passa dia e noite fazendo a guarda de um patrimônio inacabado. A obra serve para o uso de drogas, prostituição e local para albergar animais.A equipe da TV Combate tentou atender a um chamado de moradores da Rua das Pedrinhas, localizada na Várzea, porém, foi impedida durante o trajeto, devido a quantidade de buracos na estrada que dá acesso ao endereço.A matéria vai ao ar na próxima quinta feira (03), e você pode conferir na página no Facebook do Programa Combate ou no Canal tá TV Combate, no You Tube.