terça-feira, 22 de Maio de 2018

Caminhoneiros voltaram a protestar em rodovias federais e estaduais nesta terça-feira (22). Na segunda, foram registrados atos em ao menos 20 estados e no DF.

A categoria quer a redução do valor do óleo diesel, que tem tido altas consecutivas nas refinarias. Nesta terça, o preço sobe 0,97% nas refinarias. A escalada dos preços acontece em meio à disparada dos valores internacionais do petróleo.As revisões podem ou não refletir para o consumidor final – isso depende dos postos. Segundo a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do diesel nas bombas já acumula alta de 8% no ano. O valor está acima da inflação acumulada no ano, de 0,92%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nesta manhã, foram registrados atos em pelo menos sete estados: Bahia, Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul.

terça-feira, 22 de Maio de 2018

Os ministros Eduardo Guardia (Fazenda) e Moreira Franco (Minas e Energia) e o presidente da Petrobras, Pedro Parente, se reúnem nesta terça-feira (22) para discutir a alta da gasolina e do diesel. Na segunda-feira (21), caminhoneiros pararam o trânsito em rodovias de 20 estados e no DF contra a escalada de aumentos dos combustíveis e nesta terça-feira novos protestos são registrados no país.

Ainda na segunda, a Petrobras anunciou um novo reajuste. Os preços do diesel nas refinarias serão elevados em 0,97% e os da gasolina, em 0,9%, a partir desta terça. Só na semana passada, foram feitos 5 reajustes diários seguidos de preço nas refinarias.

“Algo é preciso ser feito, sem mudar a política de preços e prejudicar a Petrobras”, afirmou Moreira Franco ao blog do Valdo Cruz.

terça-feira, 22 de Maio de 2018

Morreu na madrugada desta segunda-feira (21), aos 24 anos, a modelo e influenciadora digital Naiara Almeida, conhecida como Nara Almeida. Ela estava internada no Hospital Nove de Julho, em São Paulo, onde lutava contra um câncer de estômago, descoberto em meados de 2017. O hospital confirmou que a morte dela foi às 5h30. O namorado de Nara, o modelo Pedro Rocha, falou sobre a morte de Nara no Instagram. “Infelizmente a Nara faleceu na noite passada, depois de tanta luta minha vontade era tê-la pra sempre, mas ela merecia descansar”, postou o namorado.

A luta de Nara ganhou força ao ser compartilhada em suas redes sociais. A atriz Tatá Werneck, que costumava trocar mensagens com Nara pelas redes sociais, também lamentou a morte da modelo.

“Falava com a Nara sempre. E ela sempre estava confiante e com cada vez mais fé. Estou muito triste. Muito”, disse Tatá ao G1.

A apresentadora Adriane Galisteu também lamentou a morte de Nara.

“Eu fiquei tão triste. Fiquei sabendo agora, e fiquei arrasada. Ela lutou demais, uma menina que dividiu com a gente suas dores. Ela desmascarou um pouco essa doença porque as pessoas nunca falam, têm medo de usar a palavra… Ela expôs de um jeito que a fez a gente parar para pensar”, disse Galisteu.

“Eu lembro que no começo com a coisa de querer ser magra de tomar remédio e de como tem coisas mais importantes que isso… Ela foi uma lição em todos os sentidos para nós e para o namorado dela. Um namoro de um ano, mas tenho certeza de que ele vai ter a vida transformada por causa dela. Foi um anjo que passou e deixou uma grande lição”, completou a apresentadora, que está fora do Brasil a trabalho.

quarta-feira, 16 de Maio de 2018

Passageiros de um ônibus que ia para Volta Redonda, no Sul Fluminense, foram surpreendidos por criminosos que faziam um arrastão na Rodovia Presidente Dutra, altura de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, na noite de terça-feira (15). Os bandidos levaram até os tênis que estavam sendo calçados por dois passageiros que estavam no veículo.Com a ajuda do rastreador do celular roubado de um dos passageiros, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu recuperar tudo em Comendador Soares, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Além dos calçados e dos celulares, os criminosos levaram carteiras, dinheiro e joias. O veículo saiu por volta das 19h da Rodoviária Novo Rio, no Centro do Rio e foi cercado pelos criminosos algum tempo depois. Os passageiros contaram na delegacia que o assalto durou cerca de cinco minutos. A PRF conseguiu prender cinco criminosos.

quarta-feira, 16 de Maio de 2018

A jovem Soraia Macedo de Lemos, de 17 anos, foi assassinada na noite desta terça-feira (15) durante uma tentativa de assalto na Ilha do Governador, próximo ao Colégio Estadual Professora Maria de Lurdes de Oliveira Tia Lavor, na Rua Sargento João Lópes.

Segundo as primeiras informações, dadas por policiais da 37ª DP (Ilha do Governador), pessoas que passavam pelo local no momento do crime disseram que dois bandidos armados abordaram a jovem para roubar seu celular.Após pegarem o aparelho de Soraia, um iPhone, eles teriam ficado irritados por não conseguirem desbloquear o aparelho. Um deles, então, atirou na cabeça da jovem. Ela ainda foi levada ao Hospital Municipal Evandro Freire, também na Ilha do Governador, mas não resistiu.

Policiais da 37ª DP buscam imagens das câmeras de segurança do local. Os vídeos serão passados à Divisão de Homicídios, que assumirá o caso.

sexta-feira, 11 de Maio de 2018

Um meio aos incontáveis becos que dão acesso às vielas da comunidade de Roda de Fogo, na Zona Oeste do Recife, uma cena se destaca a cada noite. No chão de cimento batido, Stheffany Rafaela da Silva, de 11 anos, voluntariamente dá aulas de reforço escolar a outras crianças. Às vezes sem mais que um lápis na mão e um olhar atento, 15 meninos e meninas se reúnem diariamente para aprender com a garota.

As aulas começaram no ano passado como uma brincadeira, quando uma amiga da comunidade decidiu brincar de “escolinha”, dando a Stheffany a primeira experiência como professora. Pouco tempo depois, a amiga mudou-se da comunidade e, assim, coube a Stheffany o papel de transformar os becos e os quase inexistentes recursos em sala de aula.

“Dou aula de todas as matérias, todos os dias. Não escolho apenas um assunto para dar aula. Fazemos sempre todas as que temos nos livros, no tempo que dá. E todo mundo vem, raramente alguém falta. Exceto na sexta-feira”, conta.