segunda-feira, 15 de Janeiro de 2018

Pernambuco encerrou 2017 com 5.427 assassinatos registrados ao longo dos 12 meses do ano. O número é 21,1% maior do que os 4.479 assassinatos contabilizados em 2016 e também é a marca mais expressiva desde 2004, ano inicial da divulgação das estatísticas de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) pela Secretaria de Defesa Social (SDS). Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (15) pelo governo estadual.

No mês de dezembro de 2017, foram contabilizadas 394 mortes violentas no estado, menor estatística mensal desde julho, quando foram registrados 446 assassinatos. De acordo com a SDS, a estatística de dezembro é a segunda menor do ano, perdendo apenas para o mês de junho, que teve 379 assassinatos.

De acordo com as estatísticas divulgadas pela pasta, os Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVPs) seguem a mesma tendência de crescimento dos homicídios, mas em menor escala. Em 2017, foram contabilizadas 119.513 ocorrências desse tipo, 4,1% a mais do que os 114.802 CVPs registrados em 2016. Extorsões e roubos cometidos contra transeuntes e instituições financeiras, roubos de veículos e assaltos a ônibus são alguns dos crimes que se enquadram nesta categoria.

A SDS, no entanto, argumenta que houve melhora nos números, se comparados o primeiro e o segundo semestre de 2017. Através de material encaminhado à imprensa nesta segunda (15), a pasta ressalta a queda de 2.875 para 2.552 homicídios semestrais em 2017.

segunda-feira, 15 de Janeiro de 2018

No meio de uma calçada em Ceilândia, no Distrito Federal, policiais militares encontraram um pé de maconha com cerca de 1,5 metros. A panta estava misturada a outras folhagens e flores em um pequeno canteiro na QNN 7.

Segundo os militares, o pé de maconha – cujo plantio, consumo e venda são proibidos no Brasil – foi achado após uma denúncia anônima. O autor do plantio não foi identificado e a maconha foi levada à 23ª DP, que fica na região.

segunda-feira, 15 de Janeiro de 2018

Um homem de 49 anos, morador de Taboão da Serra, em São Paulo, e que estava internado no Hospital Couto Maia, em Salvador, com febre amarela, morreu na tarde de domingo (14). A informação foi confirmada pelo secretário de Saúde do município de Itaberaba, a cerca de 290 km da capital baiana, cidade onde homem apresentou sintomas e recebeu atendimento inicialmente.

Conforme disse o secretário, o paciente é natural de Itaberaba, mora em São Paulo, e estava na cidade baiana para visitar a família. Ele chegou ao município no dia 5 de janeiro, já com os sintomas da doença. Antes de ir para a Bahia, o rapaz havia passado réveillon em Itapecerica da Serra, também em São Paulo.

O rapaz foi atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itaberaba. Ele esteve no posto de saúde repetidas vezes, entre os dias 5 e 9 de janeiro, quando apresentou piora no quadro clínico e foi transferido para Salvador na última terça-feira (9). A confirmação da febre amarela foi feita na quinta-feira (11), por meio de exame feito com material do paciente, no Laboratório Central (Lacen), na capital.

Ainda segundo a Sesab, trata-se de um caso importado, já que o rapaz começou a apresentar os sintomas no dia 2 de janeiro, antes de chegar à Bahia.

quinta-feira, 11 de Janeiro de 2018

O presidente Michel Temer passou por consultas médicas no Hospital Sírio-Libanês, na região central de São Paulo, na tarde desta quinta-feira (11). Segundo a assessoria da Presidência, “ele está bem e já foi liberado”.

O avião presidencial pousou no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul da capital paulista, às 14h46. Em seguida, o presidente embarcou em um helicóptero em direção ao hospital, onde chegou às 15h01.

Segundo informou o Palácio do Planalto, Temer fez consultas de “retorno” para avaliação dos procedimentos urológicos e cardíaco pelos quais ele foi submetido nos últimos meses. Ele foi avaliado pelo cardiologista Roberto Kalil Filho e pelo urologista Miguel Srougi, segundo informou a assessoria da Presidência. A previsão é que ele retorne para Brasília nesta sexta-feira.

A saúde do presidente tem sido motivo de atenção desde que, em outubro, ele passou por um “procedimento de desobstrução uretal através de ressecção da próstata”. No mês seguinte, Temer fez uma angioplastia de três artérias coronárias. Em 13 de dezembro, ele foi submetido a nova cirurgia para desobstruir a uretra. O presidente precisou utilizar uma sonda, que já foi retirada, e ainda tratou uma infecção urinária.

quinta-feira, 11 de Janeiro de 2018

A chuva causa estragos em Florianópolis e outras 19 cidades catarinenses entre a quarta-feira (10) e manhã desta quinta (11), informou a Defesa Civil estadual. Na capital, a orientação da Defesa Civil municipal é que os moradores evitem sair de casa.A capital decretou situação de emergência, assim como Porto Belo, no Litoral Norte catarinense. Foram registrados danos em todo o estado, principalmente em rodovias e construções, além de alagamentos e vias com trânsito intenso. Abrigos foram abertos. Uma menina e um homem de 59 anos morreram e outros dois homens estão desaparecidos. Um deles é de origem haitiana.

Em 48 horas, o volume de chuva em Florianópolis chegou a 400 mm, ultrapassando duas vezes o previsto para o mês inteiro. O volume normal previsto para janeiro era de 190 mm.

Acompanhe aqui a situação ao vivo da chuva em Santa Catarina. Veja também galeria de fotos dos estragos vídeos que mostram os principais pontos de alagamento e estragos.

Mortes e desaparecidos

Uma menina de 8 anos morreu e a irmã dela de 13 ficou ferida em São João Batista, na Grande Florianópolis, depois de uma árvore cair em cima do telhado da garagem na quarta. Um homem de 59 anos também morreu, segundo a Defesa Civil e a PM, após sofrer infarto e bater com a cabeça, no bairro Itacorubi. Por alagamentos, um homem de 34 anos está desaparecido desde a madrugada de quinta-feira após ter caído em um bueiro em Balneário Camboriú.

Os bombeiros finalizaram as buscas desta quinta pelo rapaz por volta das 16h. “Foram feitos sobrevoos com helicóptero, com uso de drones, foi varrida a parte do mar com uma moto aquática, e foi feita a porção inicial da tubulação. Na sexta, a única coisa que resta é fazer a porção final da tubulação. Depois disso, a gente tem que aguardar, porque não tem mais nenhuma ação pra fazer de busca”, explicou o tenente Walter Pereira de Mendonça Neto.

segunda-feira, 08 de Janeiro de 2018

A Justiça Federal do Rio suspendeu nesta segunda-feira (8) a posse da deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) como ministra do Trabalho. A decisão, em caráter cautelar liminar, é do juiz Leonardo da Costa Couceiro, da 4ª Vara Federal Criminal de Niterói.A ação popular foi movida por João Gilberto Araújo Pontes, entre outros, após a denúncia de que Cristiane Brasil foi condenada a pagar R$ 60 mil por dívidas trabalhistas com dois ex-motoristas. O juiz fixou ainda multa de R$ 500 mil em caso de descumprimento da liminar.

Em seu despacho, o magistrado destaca que decidiu conceder a liminar sem ouvir os demais envolvidos “encontra-se justificado diante da gravidade dos fatos sob análise” e que a nomeação de Cristiane Brasil fere o princípio da moralidade administrativa.

“Em exame ainda que perfunctório, este magistrado vislumbra fragrante desrespeito à Constituição Federal no que se refere à moralidade administrativa, (…) quando se pretende nomear para um cargo de tamanha magnitude, Ministro do Trabalho, pessoa que já teria sido condenada em reclamações trabalhistas, condenações estas com trânsito em julgado”, escreveu Couceiro.

O juiz também observa que não compete ao Poder Judiciário examinar o mérito administrativo da nomeação de ministros, em respeito ao príncipio da separação de poderes, mas ressalta que este mandamento não é absoluto em seu conteúdo: “Deverá o juiz agir sempre que a conduta praticada for ilegal, mais grave ainda, inconstitucional, em se tratando de lesão a preceito constitucional autoaplicável”.

A Advocacia-Geral da União (AGU) informou que já prepara recurso contra a liminar que suspende a posse de Cristiane Brasil como ministra do Trabalho. Nesta segunda (8), antes da decisão judicial, Cristiane procurou o presidente Michel Temer para saber se sua indicação estava mantida. Segundo o blog da jornalista Andréia Sadi, o presidente teria garantido à deputada que estava decidido a nomeá-la para o ministério.